A filha do vizinho

Impressionante, quando colocamos a nossa força fajuta em prática ela some feito pó no vento, o medo acaba com qualquer valentão.

Difícil não falar de criminalidade, violência, assaltado, tráfico e essas coisas que sempre são temas de filmes nacionais, é cruel, é real. Ela existe, seja na favela, seja em bairro de classe média ou em qualquer lugar que você julgue seguro. obs.: Nenhum lugar é seguro, coloque isso na sua cabeça, e na cabeça de todos ao seu redor. Não adianta fugir, correr, eles são profissionais. A cadeia hoje é faculdade, e provavelmente/lamentavelmente o 'morro' o ensino médio (nem acredito que escrevi isso).

Por que nos calamos?! Por que aceitamos essas condições?!
O medo bloqueia as ações, mas na união não existe medo, existe força.
Ôh, me esqueci, mas o patriotismo e a união só se manifestam de 4 em 4 anos.

Sabe aquelas velhas conversas de transporte coletivo:
- A filha do José foi assaltada ontem.
- Jura, que pena.

Pois é, a filha do José pode ser você qualquer noite nessas.

3 comentários:

microfonia verbal disse...

Revoltante Amiga Rosa,

A gente sabe que o mundo é uma escola, para má e boas coisas. Hj tudo é opção, questão de escolha.
Há os que escolhem o lado bom ou o mal.

MAs eu desacredito que só de 4 em 4 anos há essas manifestações de melhoria para as classes...

Acredito que se houvesse um plano de base, que ajudasse na saúde e educação, PRINCIPALMENTE, tudo seria diferente. Diferente ou menos pior. As pessoas tem opções claro, mas escolhem o que mais lhe atria, se a criança cresecu vendo seu irmão mais velho como ídolo, e que por caso seu heroísmo foi driblando o sistema capitalista e desigual roubando para ser bem visto e bem pago, ele vai querer ser um herói....

Rosa, já fui assaltada 5 vezes, falo que sou profissional em ser assaltada e realmente é revoltande, a impressão ser incapacidade de mudar o mundo é fóda!

To contigo parcera!

Adóro prosear com vc

Ricardo disse...

É o povo é conformado e prequiçoso... poderiamos viver melhor, com mais segurança, num pais mais desenvolvido, se houvesse luta, se manifestassem a revolta seria tudo diferente!!!!
parabens.

amo infinitamente

microfonia verbal disse...

Abixo aos encontros e desecontros de nossa Arte Abortada!!!


kkkkkkkkkk


adórua